Saúde

Nutricionista apucaranense explica os benefícios do jejum intermitente

Método de emagrecimento que visa intercalar períodos sem ingerir alimentos com períodos de alimentação

Provavelmente, você ouviu falar do jejum intermitente, um método de emagrecimento que visa intercalar períodos sem ingerir alimentos com períodos de alimentação. O objetivo é fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura e com isso haja uma perda de massa gorda.

Veja também: ‘O anticoncepcional me fez ter um AVC aos 20 anos’

A nutricionista Fernanda Villas Bôas de Castro, de Apucarana, especialista em Alimentos Funcionais e Nutrição Clínica Especializando em Nutrição Esportiva, diz que pesquisas atuais sobre o jejum intermitente apontam importantes benefícios, como a otimização do metabolismo, melhor função cognitiva, menor incidência do câncer, melhor imunidade, maior longevidade e melhor controle do peso.

Nutricionista Fernanda Villas Bôas de Castro

Praticado há milhares de anos, o jejum é uma das mais antigas terapias comprovadas pela história desde Hipócrates” – pai da medicina ocidental”. Esta terapia era oferecida como tratamento de doenças agudas e crônicas. “Em algumas religiões, a escolha do jejum como ruptura de hábito e manifestação do poder humano de autocontrole soma-se ao aumento concomitante da sensação de calma, alerta mental e melhor humor”, explica Fernanda.

Nas últimas décadas, de acordo com a profissional, a prática do jejum ganhou popularidade através da nutrição como alternativa, que foca no benefício da desintoxicação, segundo o princípio de que o acumulo de substancias toxicas no organismo é responsável por muitas doenças e condições.

De acordo com informações passadas pela nutricionista Fernanda Vilas Bôas de Castro, de Apucarana, entenda melhor o jejum intermitente:

DEFININDO O JEJUM TERAPÊUTICO

O jejum é abstinência da ingestão de alimentos, por vontade própria, durante um período. Porém, alguns autores utilizam o termo jejum em dietas de macronutrientes específicos com ingestão de 25% das necessidades energéticas. O tipo de jejum praticado pode conter variações, dependendo dos objetivos e especificidades de cada pessoa que o realiza. São vários tipos de protocolos, que vem sendo estudados pela ciência, comprovando seu alcance preventivo e seu potencial para tratamento de doenças e desequilíbrios.

O QUE ACONTECE COM O CORPO DURANTE O JEJUM?

Quando comemos um alimento que aumenta o açúcar no sangue, ocorre a liberação de insulina, o hormônio – chave para o aproveitamento imediato e o armazenamento da energia consumida. Normalmente ingerimos mais energia do que o corpo precisa. O restante dessa energia é armazenado no fígado e no tecido muscular em forma de glicogênio. Durante os estágios iniciais do jejum, a glicose sanguínea e a insulina caem, e a medida que as moléculas de glicose e o glicogênio (armazenado) se esgotam, o corpo passa a utilizar a gordura como fonte primaria de energia.

DIFERENTES MÉTODOS DO JEJUM INTERMITENTE

Jejum de 12 Horas – realizado todos os dias, mais uma dieta saudável composta por alimentos integrais, frescos. Preventiva contra obesidade. Jejum de 16 horas Jejum de 20 horas Jejum de 24 horas Jejum de dias Alternados.

COMO COMEÇAR O JEJUM INTERMITENTE

Imagine o jantar às 20 horas, ir dormir às 23 horas e tomar café às 8 horas. Assim, você já fez um jejum de 12 horas; se pular o café da manhã e só almoçar, você consegue um jejum de 16 horas. Simples, não é? Você vai adaptando gradativamente e ensinando o seu corpo a ser cada vez mais capaz de fazer gliconeogênese.

CONTRAINDICAÇÔES PARA O JEJUM INTERMITENTE

Pacientes com diagnostico de gota, pessoas sob medicação, refluxos gastresofágicos precisam ter cautela ao realizar o jejum. Pessoas severamente malnutridas ou abaixo do peso; Menores de 18 anos; Gestantes e lactantes; Jejum intermitente é uma decisão que podemos tomar, com a visão de alcançar metas determinadas, utilizando uma metodologia precisa, cineticamente protocolizada, especifica para atender as necessidades de cada paciente. O tipo que você melhor consegue fazer, que se acomoda na sua rotina sem deixar de prazeroso e cumpre com seus objetivos é provavelmente o melhor para você.

+ ” Comia quase 30 fatias de pizza e sequei 35 kg após perder vaga de emprego”

 

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker