Saúde

Farinha branca realmente faz mal à saúde?

Nutricionista apucaranense fala sobre o ingrediente que pode trazer riscos de obesidade, doenças crônicas e prejudicar o funcionamento do intestino

Farinha branca faz mal à saúde?

Comer é um dos maiores prazeres da vida. Assim como alguns alimentos têm o poder de prevenir e curar alguns males no organismo, a ingestão excessiva de outros nutrientes possui o poder devastador de acabar com o bem-estar e provocar o surgimento de doenças graves. Macarrão, bolo, pão, pizza e bolacha são alimentos saborosos e atrativos.

Veja também: Bactérias do bem? Nutricionista apucaranense revela os benefícios que elas trazem ao organismo

Porém, segundo a nutricionista Thaysa Sotti, de Apucarana, todos são produzidos com um ingrediente capaz de trazer riscos de obesidade, diabetes, doenças crônicas e prejudicar o funcionamento do intestino: a farinha branca. “O alto consumo de farinha branca pode desencadear uma alergia ao trigo, já que o alimento vem de uma semente híbrida, cultivada com produtos químicos, despojada de nutrientes e fibras, e estão abundantemente disponíveis em todas as refeições e lanches”.

Pobre em nutrientes e de alto índice glicêmico, Thaysa explica que a farinha branca tem a ação semelhante ao açúcar no organismo, aumentando a taxa de glicose no sangue, o a que torna maléfica a saúde é o processo de refinamento, retirando grande parte das propriedades nutricionais do alimento, no qual é reduzida aproximadamente 80% da quantidade de fibras. “As fibras são grandes aliadas na prevenção de doenças crônicas, e a ausência de tais componentes pode provocar, além das doenças já mencionadas, compulsão alimentar, já que alimentos com farinha branca não promovem saciedade”.

Uma alergia alimentar pode não ser reconhecida instantaneamente, porém, de acordo com a nutricionista, pode causar muitos tipos de sintomas, de sinusite à psicose, de asma à artrite, de hiperatividade à depressão, sendo que, geralmente os sintomas não se manifestam imediatamente após sua ingestão. “Frequentemente, as reações alérgicas do trigo são discretas, quase imperceptíveis. Consulte sempre um nutricionista para melhor elaboração do seu plano alimentar”.

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker