CuriosidadesSem Categoria

Estudantes do CNA de Apucarana conversam com idosos americanos em projeto emocionante

Um desafio de qualquer estudante de um novo idioma é, sem dúvidas, a conversação. Para ajudar os alunos a romperem esta barreira, o CNA Apucarana criou o programa Speaking Exchange, um programa de conversação diferente. De um lado estudantes, que precisam praticar o inglês. Do outro, idosos de casas de repousos dos Estados Unidos (EUA) e do Canadá que só querem alguém para conversar.

“Foi uma das experiências mais incríveis que eu já tive na vida. Vai além de poder praticar o idioma com um nativo; o projeto nos dá a oportunidade de conhecer pessoas com culturas diferentes, ideias diferentes, visão de mundo diferente”, avalia Lilian Marques, 26 anos, especialista em Marketing e Vendas, ex-aluna, que já se formou no curso de inglês e participou do projeto no CNA Apucarana.

“Percebi que meu inglês está mais fluente, natural. É muito gratificante. Eu sempre tive uma relação de proximidade com meus avós e com outros idosos e ter a chance de absorver o conhecimento deles é algo único. Ainda mais quando esse idoso mora em uma casa de repouso, que não recebe tanta atenção dos familiares. Eles são maravilhosos. A vontade é de um dia visitá-los”, complementa Lilian.

A apucaranense planeja viajar no o próximo ano para conhecer Nova York, nos Estados Unidos. “Graças aos professores e ao suporte que o CNA oferece eu me sinto totalmente segura. Sem qualquer medo ou apreensão”, garante a aluna, observando que gosta dessa interação entre pessoas.

Outra estudante que passou pela experiência é Natália Nogueira da Silva, de 17 anos, que começou no básico e agora já está no nível avançado na escola CNA. “A princípio, confesso que fiquei bem nervosa. Achei que não iria conseguir me lembrar de palavra nenhuma, mas, pelo contrário, entendi tudo. A senhora com quem conversei até me elogiou. Foi muito boa a sensação de que, apesar de não ser fluente ainda, já consigo ter uma conversa com alguém em inglês. Por sorte, eu consegui falar com a mesma senhora duas vezes”, revela.

Natália revela que com a conversação se sente mais confiante e acredita que conseguirá “se virar” sozinha, no futuro, em outro país. Sobre o Speaking Exchange, ela diz que: “Além de aprender inglês, estou fazendo um bem também, que é ser a companhia de alguém. Acho incrível poder falar com alguém de tão longe e ainda haver essa ideia de ajuda dos dois lados”, comenta.

“Mais do que formar melhores alunos, vamos formar melhores pessoas”, diz coordenadora do CNA

Para a coordenadora do CNA Apucarana, a professora Jéssica Dantas Agostini, o programa Speaking Exchange, desenvolvido pelo CNA em parceria com a Agência Brasileira de publicidade (FCB) promove uma troca de experiência incrível para ambos os participantes. “A ideia é conectar aqueles que querem conversar em inglês com àqueles que só querem alguém com quem conversar. É mais do que ajudar o aluno a falar inglês, é ajuda-lo a ajudar alguém por meio de outro idioma”, afirma.

Sobre o aprendizado, Jéssica observa que quanto mais contato a aluno tem com a língua, melhor e mais rápido será o seu desenvolvimento na aquisição do novo idioma. “Muitos alunos só conseguem conversar em inglês, de forma segura, com alguém quando estão em sala de aula e essa ferramenta dá a chance para que pratiquem com um nativo, sejam avaliados por um professor brasileiro, e o melhor de tudo: que façam a diferença na vida de outras pessoas”, frisa.

Com relação ao desenvolvimento dos alunos, a coordenadora avalia que um dos principais ganhos é a “perda da vergonha”. “Os alunos ficam mais desinibidos para conversar em inglês. Eles se sentem mais confiantes e percebem o ganho de conhecimento de forma muito mais valiosa”, diz.

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker