Moda

AFD se consolida como referência de moda no PR

O evento coloca o empresário com um comprador que muitas vezes ele nunca teria a oportunidade de conhecer.

A proposta da quinta edição do Apucarana Fashion Day de ser o grande show da moda paranaense em 2019 foi alcançada. Os números confirmam essa tendência, no evento que aconteceu nos dias 17 e 18 outubro, ocupando uma área de quase 10 mil m² do Clube de Campo Água Azul. O AFD teve mais de 50 profissionais envolvidos na organização, backstage, produção, modelos, maquiagem, entre outros setores.

O ponto alto do AFD 2019 foi o desfile de nove marcas regionais, que também expuseram seus produtos em showroom aberto para todo o público. Mais de 700 pessoas se inscreveram de cidades como Apucarana, Jandaia, Astorga, Maringá, Londrina, Curitiba e São Paulo. “Porém, como era aberto e ainda tínhamos a Feira de Máquinas anexo ao salão, o número de pessoas durante o desfile era muito maior”, informa a presidente do Sivale, Elizabete Ardigo.

O prefeito Junior da Femac participou dos dois dias do evento e se manifestou entusiasmado com a organização e a qualidade reconhecida das roupas e acessórios confeccionados em Apucarana. “A cidade se consolida como o maior pólo de produção de camisetas, jeans, bonés e roupas em geral no Paraná, gerando milhares de empregos e fazendo girar a nossa economia”, destacou Junior, enaltecendo ainda o desfile de moda, com produção de alto nível.

O empresário Cesar Ramos, da Manos Caps, participou do AFD pela terceira vez. Ele explica que além de ser uma vitrine, sempre gera algum tipo de negócio. “Estamos lançando nossa coleção Guerreiros de Rua neste ano. O AFD proporciona este espaço e ainda gera oportunidades de contatos importantes para a marca”, frisa Cesar.

Ruan Silva, da grife John Roger, diz que a marca já tem 4 lojas próprias e está presente em mais de 60 multimarcas pelo Brasil. “Apesar disso, um evento como o AFD é mais uma oportunidade de testar a marca, de colocar ela em contato com o cliente, de interagir, de lançar conceitos. Por isso, é tão importante participar do AFD, que cresce a cada edição”, frisa Ruan.

Fernanda Mendes, da Streets ArtCaps, participou pela primeira vez do AFD. “Fiquei muito feliz com a estrutura oferecida e com a oportunidade de apresentar nossos produtos. Desde a Rodada de Negócios, Show Room, quanto no desfile. Aproveitei tudo que era possível no AFD e já dei meu nome para a edição de 2020”, conclui a empresária.

Encerrando o AFD, na noite de sexta-feira (18), o Cantor Vitor Kley, se apresentou cantando seus maiores sucessos para um público estimado em 3 mil pessoas, que não se intimidou com a chuva. O AFD foi realizado pelo Sivale e a Prefeitura de Apucarana, tendo como correalizadores o Sebrae-Paraná e o SENAI; com patrocínio da FIEP e apoio do Instituto Bellas, Unespar, UTFPR, APL de Bonés, Sicoob e ACIA.

Hackathon premia ideia inovadora

Uma maratona de conhecimento. Assim pode ser definido o Hackthon, que reuniu 45 estudantes de moda, engenharia, design, entre outras áreas, durante 24 horas consecutivas. “Das 18 horas de quinta as 18 horas de sexta, estes os participantes se mantiveram firmes na busca de soluções alternativas para a destinação dos resíduos originados pelas indústrias de confecção de Apucarana”, explica a Consultora do Sebrae, Beatriz Poletto.

O tema foi escolhido pelo Arranjo Produtivo de Boné e do Vestuário de Apucarana (APL), que está completando 15 anos de atuação. “Os empresários se reuniram e consideraram que este tema seria um ótimo desafio”, pondera Poletto.

O resultado vencedor foi o de utilizar os tecidos e demais rejeitos têxteis num papel de parede isolante acústico. “Foi algo que realmente despertou a atenção dos jurados e pode virar uma Startup”, ressalta a Consultora do Sebrae, Beatriz Poletto.

O Hackathon teve a organização do Sebrae e contou com mais de 20 mentores de faculdades de Apucarana, Londrina, Maringá e região.

Rodada de Negócios gera expectativa positiva

Na manhã no dia 18, aconteceu também a Rodada de Negócios, reunindo 15 fornecedores com 8 compradores nacionais. O empresário James Rodrigues, da empresa Vest Mais, avaliou positivamente o AFD. “Foi a primeira vez que participei de um evento deste nível e para mim foi excelente. Tive a oportunidade de abrir meu leque de contatos e acabei fazendo um negócio com outra empresa fornecedora da rodada”, ressalta o empresário.

A empresária, Nely Dias, da Brigida Fios, da cidade de Marumbi, participou como fornecedora. “Também foi nossa primeira experiência e ficamos felizes de ver a aceitação do nosso produto. Dos oito compradores presentes, temos boas perspectivas de geração de negócios no pós-evento”, avaliou Neli.

A presidente do Sivale, Elizabete Ardigo, explica que este tipo de evento coloca o empresário com um comprador que muitas vezes ele nunca teria a oportunidade de conhecer. “O Sebrae ficou responsável pela seleção dos compradores. Veio de agência de eventos a comprador de um dos grandes magazines do Brasil. Foi uma oportunidade única”, avalia.

(Foto: Agência Megapixel)

Cabeleireira de Marilândia atende meninas carentes

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker